Gostaria que tivéssemos coragem de dizer mais.
O Diário de Anne Frank.   (via vivificare)

(via vivificare)


(via nativamorena)


Do nosso amor a gente é quem sabe.
Los Hermanos.   (via vivificare)

(via vivificare)


(via dooceano)


(via carlascan)


(via vivificare)


Porque nosso mal é este: pensar demais.
Martha Medeiros. (via palavrasconfusas)

(via palavrasconfusas)


Eu disfarço muito e quase ninguém percebe. Tem um monte de gente por aí que acha que me conhece o suficiente. Outros tantos acham que sabem o bastante sobre a minha vida. Entra no meu mundinho quem eu deixo. Acho que a gente não deve escancarar a vida, tem coisa que é só nossa e de mais ninguém. Quanto mais a gente dá liberdade para os outros mais eles se sentem no direito de se intrometer e meter o bedelho. Não gosto, pois da minha vida cuido eu.
Clarissa Corrêa.    (via palavrasconfusas)

(via palavrasconfusas)


(via my-woodstock)



Porque eu gosto de quem presta atenção em mim. De quem procura novidade mesmo me conhecendo do avesso. De quem não desiste de me descobrir. De quem não se cansa da rotina. De quem se entrega. Sempre.
Clarissa Corrêa.  (via c-isnenegro)

(via combustivelpra-alma)